A verdade, os espelhos e o caminho

Café Subversivo

O grande problema da verdade é que ela é uma dama inflexível. Quando lhe pedimos um caminho, como que sem se importar com nosso pedido, ela nos oferece um espelho...

Tudo quanto desejamos é seguir o caminho, no entanto, ela sempre nos diz:

- Para conhecer o caminho contemple-se no espelho!

Então olhamos por seu espelho e ao nos contemplarmos refletidos, a imagem que se forma sempre está muito aquém de todos os conceitos que formulamos para nossa auto-imagem.

Ficamos frustrados e assustados, então anestesiamos nossa consciência dizendo:

- Esta não pode ser a verdade, não me importo com o caminho que ela tem a mostrar!

No entanto, senhores, a verdade é uma dama inflexível.

Ela apenas mostra o caminho aos que se contemplam no espelho, e mesmo assim, contritos, lhe perguntam:

- Já me olhei no espelho, não sou digno do caminho. Mas apesar de mim, podes me mostrar o caminho?

Então, somente para esses, a boa dama sorri benevolente e diz:

- Não preciso te mostrar mais nada, já trilhas o caminho desde antes da fundação dos mundos.

=Dom Will,

Estudos sobre a verdade a bordo do #330

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2016

Sobre o Escritor

Dom Will

Poeta contemporâneo, viajante compulsivo compulsório, escritor de aeroporto, leitor de período integral.

Escreve depois que a patroa dorme.

Escreve às quintas.

Comentários