Eu contido, me descubro

Sexo, Drogas E Rock'n Roll

Quem nunca leu o velho Buk, deveria. Se vivo, faria 97 anos nessa semana que passou (16 de Agosto), com uma atualidade sobre os fatos da vida que assustariam qualquer vidente. Toda a sua obra carregada de traços obscenos e seu estilo coloquial, sua narrativa cheia de descrições realísticas, passando desde trabalhos braçais até porres e relacionamentos baratos, foi o que fascinou e ainda atrai gerações que buscam uma obra com a qual consigam se identificar.

E o que um careta como esse vosso escriba busca encontrar ou se encontrar em ter o dito senhor como inspiração e modelo dessa coluna? Essa é uma pergunta que não tenho resposta e julgo ser esse canal uma forma de busca nessa direção. Parabéns, seu velho alemão que virou americano dos EUA. Que a escuridão dos seus textos, seja uma luz que guie nossas descobertas e abra nossas mentes para um mundo que não seja apenas preto e branco, mas com todas as nuances e clichês do dia a dia.

Sexo, Drogas e Rock'n Roll sejam uma boa desculpa pra descobrirmos nossas pulsões e não reprimir o que for natural e humano.

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Sobre o Escritor

Cass Aquino

Jornalista, ator e Palestrante de oficinas sobre comunicação e artes. Bacharel em Comunicação Social Formado em Jornalismo no ano de 2010 pela Universidade do Vale do Itajaí. Foi ator do grupo de teatro de pantomíma Gibbor por mais de 15 anos.

Escreve às sexta.

Comentários