Juvenal

Crônicas de Segunda

A/c Juvenal.

Eu sei. As coisas não estão fáceis pra você. Mas aqui é assim mesmo: você não pode ser "um bom padeiro", tem que ser "o melhor padeiro da cidade". Não pode ser "um bom pintor", tem que ser "o melhor pintor do estado". E por aí vai.. Mas isso não tem a ver com "ser bom" ou fazer - seja lá o que for - com dignidade, mas sim em querer se sentir superior a todo mundo.

Mas me diz, por quer essa competitividade toda, Juvenal? Se perde tanto tempo se provando que é o bã-bã-bã que - ops! - se esquece de ser ao menos normal. E normalmente quem é assim, acaba levando essa farsa pra todas as áreas da sua vida. Como ouvi uma vez Marcos Piangers, autor do livro "O Papai é Pop", um livro de crônicas que ele viveu junto com suas filhinhas Aurora e Anita, dizer que por não ter tido um pai, recebeu após o lançamento do livro muitas cartas de leitores se identificando com suas histórias e nos comentários são unanimes duas situações: "Eu não tive pai" e "Eu tenho o melhor pai do mundo".

Juvenal, não tente ser o melhor pai do mundo. Sempre haverão aqueles que te criticarão, dirão que você está errado. Que você não pode ser assim ou que deveria ser assado. Seja você mesmo, Juvenal. Seja esse pai-todo-errado. Seja esse pai-limitado. Esse pai que chora. Que não sabe lidar com a maioria das situações da vida. E no dia que você estiver sozinho, só você e você mesmo e se sentir o pior pai do mundo, lembre-se que você é só mais um pai de verdade.

Um grande beijo dos seus filhos.

PS.: Escrevemos uma carta pro Papai-pop, e como nós temos um pai, dizemos "temos o melhor pai do mundo". Te amamos, mesmo que não sejamos "os melhores filhos do mundo", mas a gente nem quer ser mesmo, kk.

Segunda-feira, 01 de Agosto de 2016

Sobre o Escritor

Tihh Gonçalves

oi será que vai chover seja bem vindo prazer não repara a bagunça te peguei no colo troquei sua fralda poxa que bacana como você cresceu indique pros seus amigos conte pra sua mãe vai com deus beijo.

Escritor de quinta (e dos outros dias da semana também).

Comentários