Fórmula

Crônicas de Segunda

Lembro que quando eu era criança achava mágico algo que meus pais tinham que comprava as coisas. Eu já tinha noção que a gente comprava as coisas com dinheiro. Mas meus pais tinham a manha da coisa. Eles só escreviam o valor que quisessem numa folhinha de papel, assinavam e comprava qualquer coisa que desejassem.

Meu sonho era crescer e ter um bloquinho daqueles. Já fazia planos de coisas que eu iria comprar. Na minha cabeça a regra era "você pode escrever qualquer valor, desde que tinha que ser o valor exato da compra, porque eles não davam troco". Por isso eu não entendia porque eles desperdiçavam tantas daquelas folhinhas com coisas de pouco valor. Depois eu lamentavelmente descobri que os tais cheques não eram bem assim. Uma pena!

Acho que hoje em dia as crianças devem ter essas fantasias com cartões de crédito. Uma vez, minha filha pediu pra comprar algo e eu e minha esposa falamos "Estamos sem dinheiro" e a resposta dela foi "Mas você tem cartão". Pena que a gente cresce e descobre que por fim, só o que importa é o dinheiro mesmo.

Só o dinheiro importa? Essa é a pergunta que me faço há tempos. Eu trabalho pelo o dinheiro ou o dinheiro trabalha pra mim? Não querido leitor, eu não pretendo te dar uma aula de economia. Essa matemática que eu falo não é de exatas, mas sim de humanas. Vou explicar:

Eu sonho em fazer algumas coisas na minha vida. Sonho em conhecer novos lugares com minha família, trocar de carro, comprar uma casa, colocar TV no quarto das meninas, entre outras tantas coisas que só o dinheiro é capaz de comprar. E pra conseguir o dinheiro a gente sabe o caminho: trabalho. Então, eu trabalho o mês todo pra conseguir dinheiro e com o dinheiro comprar todas as coisas que desejo. Mas você precisa ter claro se é o dinheiro que trabalha pra você ou você que trabalha pra ele.

Você trabalha correndo atrás dos seus sonhos e o dinheiro que você ganha trabalha compra o que você deseja. Deu pra entender? O dinheiro compra os seus sonhos pra você. Por mais que o dinheiro seja um mal necessário, nosso objetivo são os sonhos. O problema é quando a gente perde o foco e começa a trabalhar pro dinheiro. Por isso as vezes as pessoas são cheias de dinheiro e se sentem mais vazias e pobres de espírito do que alguém que não tem onde cair morto. Elas trabalham tanto, ganham tanto dinheiro e por fim nem sabem mais pra que desejam tanto dinheiro assim.

Quais são seus sonhos? Por que você trabalha tanto? Você trabalha pro dinheiro ou ele é quem trabalha pra você? Nessa matemática da vida, a fórmula é sonhos + x = Felicidade. Quem é de exatas sabe que sabe que "x" só é igual a "dinheiro", se o resultado sempre for "Felicidade". Acerte essa conta exatamente de humanas.

Segunda-feira, 11 de Setembro de 2017

Sobre o Escritor

Tihh Gonçalves

oi será que vai chover seja bem vindo prazer não repara a bagunça te peguei no colo troquei sua fralda poxa que bacana como você cresceu indique pros seus amigos conte pra sua mãe vai com deus beijo.

Escritor de quinta (e dos outros dias da semana também).

Comentários