O Cafajeste e a Feminista VI

Sexo, Drogas E Rock'n Roll

Eduardo conheceu Emma justamente por causa de Gabriel. Foi o único amigo a quem Gabriel poderia recorrer nesse momento de dentro da cadeia. Um homem trabalhador e honesto como bem o sabia Eduardo, ficou inconformado e de pronto foi socorrer o colega. Levou o dinheiro para pagar a fiança e não deixar o amigo passar mais uma noite naquele local que com certeza, ele não merecia. A indignação só cessou quando a ouvir a defesa que ele fez, a delegada de plantão percebeu a maldade que acabara de ser vítima seu amigo.

Emma já estava a muitos anos lidando com isso pra reconhecer as mulheres que se aproveitavam do machismo social e falsamente usavam discursos de igualdade que nada tinham a ver com o verdadeiro feminismo que reconhece as responsabilidade inerentes de suas escolhas e de forma passional pervertem o direito de forma a tentar ludibriar e tentar obter vantagens sempre.

Foi assim que começou a relação entre Emma e Eduardo, que no que dependesse dos dois, duraria pra sempre, de forma livre, aberta, sempre em busca das alegrias de viver.

Sexta-feira, 10 de Novembro de 2017

Sobre o Escritor

Cass Aquino

Jornalista, ator e Palestrante de oficinas sobre comunicação e artes. Bacharel em Comunicação Social Formado em Jornalismo no ano de 2010 pela Universidade do Vale do Itajaí. Foi ator do grupo de teatro de pantomíma Gibbor por mais de 15 anos.

Escreve às sexta.

Comentários