Tihh amo

Crônicas de Segunda

Você não pode ter tudo na vida e eu imagino que você já tenha percebido isso. A verdade é que a vida é feita de escolhas e pra fazê-las, precisamos decidir não só ter o que estamos escolhendo, mas, também, decidir não ter mais algumas coisas que já temos.

Essas foram minhas palavras, outrora, a um amigo em uma conversa deboua. Estávamos falando sobre "casamento" e eu falava que casamento é decidir por perder e não por ganhar. Da perspectiva cristã-criacionista, Deus olhou pra Adão e disse que não era bom que ele vivesse só e não que ele não poderia viver só. Adão não precisava de Eva para ser completo. Aliás, Adão foi feito imagem e semelhança do seu criador, o que mais ele poderia precisar? Adão era perfeito e nada lhe faltava. Mas Deus olhou pra ele e viu que lhe faltava a oportunidade de decidir perder .

Ao contrário do que é dito por aí, você não casa pra alguém se completar, mas você casa para poder completar alguém. E diria mais: se você precisa de alguém pra se sentir completo é porque você ainda não está preparado pra uma vida-a-dois. Afinal, se você, sozinho, não completa a si mesmo, como acha que conseguirá completar outro alguém? Há quem diga - Ah Tihh, mas se eu completo ela e ela me completa, dá na mesma - Não dá, acredite! Se você entrou num relacionamento pra ser completo, você entrou por interesse. É como seu emprego, a partir do momento que seu salário não vem, você se sente "perdendo tempo", não é? Mas experimente fazer um trabalho voluntário em uma ONG, você só vai se sentir "perdendo tempo" no instante que não estiver servindo a causa daquela instituição. Qual a diferença das duas situações? Suas escolhas! No trabalho, você decidiu ganhar e por isso serve ao seu patrão. Na ONG, você decidiu perder, e por isso serve a causa da instituição.

Decidir completar alguém é decidir fazer isso mesmo que você não tenha o "salário" de ser completo também na mesma hora. É amar mesmo que a outra pessoa não mereça. É assumir ser o melhor marido/esposa que você conseguir, mesmo magoado e achando que a outra pessoa não esteja sendo "tão boa quanto você achava que merecia". É decidir completar alguém, simplesmente pensando nela antes de vocês. Não é fazer isso porque ela merece, mas porque você decidiu fazer por ela.

Eu sempre falo que amar é perder. Se você está ganhando, então não é amor. O amor está interessado exclusivamente em perder. Perde pra alguém ganhar.

Ser realista à vida conjugal pode parecer um balde de água fria a sua visão-romantizada do assunto. Mas a verdade é que o romantismo passa e o que prevalece é o amor. E sabendo que amar é decidir perder, garanto a vocês que foi a melhor decisão que fiz na minha vida. Afinal, eu sou completo sozinho, mas não é bom que eu viva só. Tihh amo, Aline (do seu marido, perdidamente apaixonado).

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2017

Sobre o Escritor

Tihh Gonçalves

oi será que vai chover seja bem vindo prazer não repara a bagunça te peguei no colo troquei sua fralda poxa que bacana como você cresceu indique pros seus amigos conte pra sua mãe vai com deus beijo.

Escritor de quinta (e dos outros dias da semana também).

Comentários